Morre aos 62 anos o ex-prefeito de JP, Luciano Agra

Morre aos 62 anos o ex-prefeito de JP, Luciano Agra

Por volta das 22h10 da noite desta quarta-feira (10), faleceu no Hospital Memorial São Francisco o ex-prefeito de João Pessoa Luciano Agra.

O ex-gestor estava internado na Unidade de Terapia Intensiva do hospital desde o dia 3 deste mês após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico.

A informação do falecimento de Agra foi confirmada pelo diretor do Hospital Memorial, Dr. Ítalo Kumamoto.

Ainda na tarde desta quarta-feira o quadro de Luciano Agra havia apresentado uma piora no quadro, o que mobilizou amigos e familiares em uma corrente de orações.

Os apelos por doações de sangue eram constantes, mas o ex-gestor não resistiu a gravidade da doença.

Agra passou por cirurgias, hemodiálise e apresentava complicações na função renal. Desde que foi internado seu estado de saúde era considerado grave, sem apresentação de melhoras.

Natural de Campina Grande, Luciano Agra tinha 62 anos completados no último dia 25 de novembro. Os detalhes do sepultamento ainda não foram divulgados.

Perfil

Luciano Agra era formado em arquitetura pela UFPE com mestrado em engenharia urbana na UFPB. Dentre os cargos que já ocupou destacam-se os de diretor técnico da Companhia de Pró-Desenvolvimento de Campina Grande, de secretário executivo da Comissão Estadual de Gerenciamento Costeiro e de coordenador da Câmara Especializada de Arquitetura do CREA/PB, além de ter atuado como arquiteto nas prefeituras de João Pessoa e Campina Grande e no governo do estado da Paraíba. Foi também secretário municipal de planejamento durante o primeiro mandato de Ricardo Coutinho como prefeito de João Pessoa.

Filiado ao PSB, concorreu em uma “chapa pura” como candidato a vice-prefeito de João Pessoa na chapa encabeçada por Ricardo Coutinho (então candidato à reeleição) nas eleições municipais de 2008, sendo eleito em 1º turno junto com o titular com cerca de 74% dos votos válidos.

Por causa da renúncia de Coutinho à prefeitura de João Pessoa para a disputa de sua campanha vitoriosa ao governo da Paraíba nas eleições de 2010, Agra foi empossado como prefeito da capital paraibana em 31 de março de 2010.

Em 2012, com sua gestão chegando à marca 70% de aprovação mas com apenas 17% das intenções de voto, renuncia à pré-candidatura das eleições municipais em João Pessoa em carta aberta. Por várias vezes demonstrou desejo de voltar a ser candidato mesmo com o PSB já tendo como pré-candidata a ex-secretária de planejamento Estelizabel Bezerra. Após reafirmar publicamente seu desejo de concorrer à prefeitura municipal de João Pessoa registra sua pré-candidatura no PSB mas fica fora da disputa, perdendo nas prévias do partido para Estelizabel Bezerra, nome apoiado pelo governador Ricardo Coutinho e por 69% dos filiados ao PSB presentes na convenção.

Após perder nas prévias do PSB, mesmo tendo recebido a prefeitura do então prefeito Ricardo Coutinho, rompe politicamente com o mesmo e se desfilia do PSB anunciando posteriormente uma aliança política com o seu ex-opositor, o então deputado estadual Luciano Cartaxo, candidato do PT, que com o seu decisivo apoio, é eleito prefeito municipal da capital paraibana com mais de 68% dos votos no 2° turno para o mandato 2013-2016.

Em 2014, foi candidato a suplente de senador do ex-deputado federal e ex-senador Wilson Santiago do PTB, que termina a eleição apenas em 3º lugar e não se elegeu.

PB AGORA

Anúncios