Lucy Alves, a voz do Brasil

Lucy à frente do Clã Brasil na final do The Voice Brasil (foto: Globo/Estevam Avelar)

Lucy à frente do Clã Brasil na final do The Voice Brasil (foto: Globo/Estevam Avelar)

Quando Lucy Alves subiu ao palco do The Voice Brasil na noite da última quinta-feira (26), ela já era uma vencedora. Aliás, já tinha vencido o programa por cinco vezes!!!

A cada eliminatória, uma vitória de Lucy e da Paraíba. A Paraíba cantou, torceu e chorou com ela e por ela. As 15 mil pessoas que saíram de casa na quinta-feira para transformar o Busto de Tamandaré numa final de Copa do Mundo em prol de Lucy são a prova cabal disso.

Embora o cearense Sam Alves tenha sido o mais votado da noite, com 43% da preferência nacional, vencendo de fato e de direto o programa, Lucy tem muito a comemorar e a trilhar depois do The Voice 2013.

Foram nove milhões de votos para a menina de 27 anos nascida em João Pessoa com raízes em Itaporanga. Isso dá 31% dos votos. Segundo o perfil oficial do Clã Brasil no Facebook, a soma a colocou em segundo lugar na final do programa.

O Clã Brasil é o grupo do qual Lucy faz parte. É formado por ela, o pai Badu, a mãe Morena, as irmãs Larissa e Lizete e a prima Fabiane. Foi o grupo que acolheu a cantora na última etapa do programa.

Em entrevista ao Jornal da Paraíba na ultima segunda (23), ela se disse vitoriosa. Não só ela, como os quatro finalistas do programa – que em janeiro saem em turnê, com shows já agendados para São Paulo, Rio de Janeiro e Fortaleza, terra de Sam Alves.

A performance de Lucy, na final, foi disparada a melhor, a mais consistente e segura. Mais uma vez, ela também foi a mais completa, mostrando desenvoltura não só no gogó, como na sanfona, instrumento que voltou a reencontrar na última etapa do programa.

Lucy tem uma voz miúda, espontânea e afinada. Canta bem. Ela também tem o que Carlinhos Brown, seu técnico, chamou de “primeira voz” que é a sua sanfona, instrumento que toca com uma habilidade extraordinária.

Em 2006, meses antes de morrer, Sivuca confidenciou ao amigo Sílvio Osias: -Essa menina vai longe! Quando gravou o DVD O Poeta do Som com Sivuca, em 2005, ela tinha apenas três anos de estrada. O velho albino enxergava de longe.

Dominguinhos também abraçou Lucy, como Luiz Gonzaga o fizera quando ele ainda criança. E Alceu Valença, um artista de grande projeção, escolheu a instrumentista paraibana para integrar sua banda e viajar com ele para Europa.

Alceu poderia ter escolhido qualquer sanfoneiro habilidoso – afinal, a fila para tocar com o autor de ‘Tropicana’ é de dobrar a esquina. Mas ele escolheu ela, seu talento, sua habilidade, seu carisma.

Enfim, três grandes artistas da música brasileira atestam a excelência instrumental da musicista.

Lucy também tem um repertório afiado na ponta da língua. É um repertório brasileiro, nordestino, forte e apaixonado. Em entrevista recente, ela me disse que se surpreendeu ao perceber como a música brasileira ainda toca as pessoas.

Nas cinco etapas que participou, ela cantou Gonzaga (‘Que nem jiló’), Dominguinhos (‘Gostoso demais’/Isso aqui tá bom demais’) e Geraldo Vandré (‘Disparada’), as três escolhidas por ela (as outras, ‘Segue o seco’, de Carlinhos Brown, e ‘Festa no interior’, de Abel Silva e Moraes Moreira, foram sugestões da direção musical do time).

Na final, voltou a revisitar Dominguinhos, amparada por “painho” e “mainha” e o Clã Brasil, em momento família encantador. A música não seria mais apropriada: “De volta pro aconchego”.

No aconchego da família, ela volta para João Pessoa. O Jornal da Paraíba deste sábado sai com uma nova matéria com ela, revelando os projetos mais imediatos da carreira.

A vitoriosa Lucy tem toda uma estrada aberta pela frente. Depois de estar na antesala do sucesso, cabe a ele, agora, escolher as portas corretas e, a cada etapa da carreira, reconquistar a Paraíba, o Nordeste e o Brasil. Lucy Alves e o Clã Brasil.

Lucy com Carlinhos Brown (Globo/Estevam Avelar)

Lucy com Carlinhos Brown (Globo/Estevam Avelar)

Belíssimas apresentações marcaram a caminhada da paraibana até a final do The Voice Brasil:

Jornal da Paraíba

Anúncios