PMJP lamenta a morte do violonista Elpídio Ferreira

Morre Elpídio, o mágico do violão

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), lamenta, com extremo pesar, o falecimento do violonista Elpídio Ferreira. O músico faleceu nesta sexta-feira (22), por volta das 6h, no Hospital Napoleão Laureano, vítima de câncer.

Elpídio Ferreira é natural de Areia e tem mais de 50 anos de carreira. Ele vem de uma família de músicos, tanto por parte de pai como de mãe, e seu foco está na música regional.

Na longa trajetória, Elpídio já se apresentou com artistas como Dominguinhos, Sivuca, Canhoto da Paraíba e Reginaldo Rossi. Integrante do Conselho da Ordem dos Músicos da Paraíba, ele fez shows por todo o País e também em Portugal. Também chegou a participar do projeto ‘Sabadinho Bom’, realizado pela Prefeitura de João Pessoa, por meio da Funjope.

A Paraíba ficou mais pobre hoje com a morte de Elpídio, o mágico do violão de sete cordas, cabra bom demais para continuar habitando esse mundo cão e que, por isso, foi requisitado para tocar na orquestra do céu ao lado de Canhoto da Paraíba, Radegundes Feitosa e Manoel Marrocos Sobrinho. O velório de Elpídio acontece agora na Rosa de Saron, em Jaguaribe.

Veja um pouco do talento deste paraibano que se tornou referência em sua arte:

PROFESSOR LÉO MODESTO

Com informações do Iparaiba/Pb Agora
Anúncios