Começa o racionamento no açude São Gonçalo, em Sousa-PB

O Açude de São Gonçalo, no Sertão da Paraíba, inicia nesta terça-feira (19) um racionamento que pretende gerar uma economia de 25% no consumo de água ao mês, segundo a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa). Uma das bombas de captação, localizada na Estação de Tratamento de São Gonçalo, será desligada durante 30 dias, entre 17h e 4h da manhã.

O açude está localizado em área pertencente ao Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), na bacia hidrográfica de Alto de Piranhas, sub-bacia do Rio Piranhas. O reservatório com capacidade hídrica de 44 milhões e 600 mil metros cúbicos de água, está atualmente com 24,4% de sua capacidade, pouco mais de 10,8 milhões de metros cúbicos, conforme medição da Aesa. Conforme o órgão, 56 reservatórios na Paraíba estão abaixo de 20% da sua capacidade, com volume considerado em observação ou crítico.

Segundo a Cagepa, após esse prazo, caso a população não se conscientize da necessidade de economizar água e caso a chuva não venha, serão adotadas medidas mais drásticas, como o racionamento efetivo de água, no formato de 24 horas com abastecimento e 24 horas sem abastecimento.

A medida é resultado de acordo firmado em audiência realizada no dia 14 de março, em Sousa, entre representantes do Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual, Prefeitura de Sousa, Cagepa, e Junta dos Usuários das águas do Açude de São Gonçalo. Também foi definido que antes do racionamento efetivo deve haver ampla divulgação do acordo e preve ainda a possibilidade de interrupção diária do fornecimento de água.

PROFESSOR LÉO MODESTO

Com informações do G1

Anúncios