Em São Vicente do Seridó: Popular morre em grave acidente de moto na PB 177 na noite desta sexta feira.

SÃO VICENTE DO SERIDÓ – PB: Faleceu no início da noite desta sexta feira (01/03) vítima de um acidente de moto, Pérsio Araújo Pessoa, de 33 ano.

O acidente aconteceu na PB 177, onde a vítima sobrou em uma curva no Sítio Santa Cruz, perto da casa de seu pai, zona sul do município. Pércio estava tomando conta de alguns animais na própriedade de seu pai e fazia o trajeto várias vezes ao dia, porém ao voltar para a sua residência, que fica no centro da cidade, ele perdeu o controle e caiu da moto. Pérsio sofreu um trauma muito forte na região do abdômen, foi socorrido para o Hospital de São Vicente, em seguida conduzido por uma ambulância para Campina Grande – PB. Ao descer da Serra do Cardeiro, na PB 177, o paciente foi transferido para a USA (Unidade de Serviço Avançado) do SAMU de Soledade – PB, dois médicos e quatro socorristas tentaram reanima-lo por cerca de 40 minutos, mas Pérsio não reagiu e foi a óbito.

A vítima, que é filho da senhora Luzinete, proprietária do cartório da cidade e irmão do professor Petrúcio, deixou quatro filhos: Sara, Andreza, Isac e a pequena Júlia, que é filha de sua atual companheira Carla que a quatro meses perdeu o pai também vítima de acidente de moto na mesma rodovia (PB177).

Nota do autor do blog:

“Infelizmente o município de São Vicente do Seridó, não está com sua unidade do SAMU em funcionamento, atualmente os atendimentos dependem de unidades vindas de outros municípios para atuar no socorro às vítimas do município, fato que pode fazer a diferença entre a vida e a morte das pessoas. Esperamos que o mais breve possível as autoridades competentes, atuem como se espera, superem qualquer dificuldade e coloquem a unidade do SAMU de São Vicente em funcionamento, para que os casos que vierem a acontecer sejam atendidos como se deve e não serem transportados de ambulâncias simples, ou fiquem aguardando por outros municípios, já que temos a nossa unidade. Nos cursos de socorristas, uma das principais lições é: quando for urgência o tempo para o atendimento pode ser o diferencial entre a vida e a morte das pessoas.”

PROFESSOR LÉO MODESTO (drt 4321)

Com informações do saovicenteagora.com.br 
Foto: Marcone Alcântara
Anúncios