Arcebispo da Paraíba, justifica mudança de domicílio e desabafa

 Arcebispo da Paraíba, justifica mudança de domicílio e desabafa

Dom Aldo Pagotto, Arcebispo da Paraíba, justifica mudança de domicílio e faz desabafo dramático

O Arcebispo da Paraíba Dom Aldo Pagoto foi questionado na manhã desta sexta-feira (25) por um ouvinte em um programa radiofônico, sobre os motivos de sua mudança de domicílio, para um apartamento localizado em frente à Igreja de Santa Júlia no bairro da Torre.

Dom Aldo revelou pela primeira vez os reais motivos da sua mudança: a violência.

“Eu morava praticamente dentro da Catedral e um ex-presidiário me ameaçou. Ele dizia que não tinha medo de Bispo nem de cachorro, porque eu tinha um cachorro” desabafou.

O Arcebispo também informou que estava correndo risco de vida pois naquela localidade existem muitos traficantes.

“Eu tive que me mudar porque ali tem traficantes e grupos de pressão que eu não quero nem falar o nome fazendo imoralidades e ficam fumando maconha e fazendo o que bem quiser” relatou.

Dom Aldo declarou que pediu ajuda à Polícia Militar, que faz rondas naquela localidade, mas a criminalidade continua, além do lugar estar bastante sujo, o que é péssimo até para os turistas.

Apartamento Arrombado

Mesmo com a mudança para escapar da violência, no dia 10 de julho de 2012 o apartamento no 23° andar do Arcebispo foi arrombado e vários objetos foram furtados.

“Alguém introduziu no prédio pessoas que me roubaram, eu não estava em casa e quando cheguei estava tudo absolutamente limpo, me roubaram tudo que se possa imaginar. Coisas preciosas com um grande valor estimativo que foram presentes da minha família na Itália”.

Dom Aldo fez um apelo para que a segurança melhore em toda a Paraíba.

“Eu acho fundamental que as pessoas tenham capacitação para o trabalho e assim consigam efetivamente trabalhar. Essa é a grande solução” pontuou.

PROFESSOR LÉO MODESTO

com informações de Thatiane Sonally/Henrique Lima

PB Agora

Anúncios