Vice-prefeito tenta conquistar voto de Kelma, mas Josa escuta tudo pelo viva voz e rompe

Jonilton ligou para a vereadora que por coincidencia estava reunida com o atual presidente da Câmara e descobriu a traição de Fred

Os vereadores de oposição juazeirinhenses, bem como o ex-prefeito, Bevilacqua Matias (PRB), se reuniam em um restaurante na cidade de Campina Grande, com Joselito Cavalcante (PT), que buscava votos para se eleger presidente da Câmara Municipal.

A conversa seguia animada com algumas risadas quando o telefone celular da vereadora, Kelma da Barra (PSDB) toca: tlim, tlim, tlim…

Ela atende e, do outro lado da linha, estava o vice-prefeito, Jonilton Fernandes (PSB), que almejava marcar uma visita a casa da vereadora para falar sobre a presidência do legislativo.

De propósito, Kelma coloca o celular no viva voz e todos que estavam a mesa podem escutar a conversa entre a vereadora e o vice-prefeito.

Kelma então pergunta: “mas a presidência da Câmara não já está definida? Pelo que sei, Josa do PT é o candidato da situação com o apoio de Fred Marinheiro…”

Neste momento, Jonilton rebate a vereadora e garante que ainda não estava nada definido, que o que existia entre PT e PTB era um acordo de campanha, mas que pelo visto não seria cumprido, pois Fred nem queria Josa tampouco Sandra Paulino (PTB) para comandar o parlamento Municipal nos próximos dois anos (2013/14).

Na verdade, explica o vice, o preferido do ex-prefeito era Martins Junior (PTB) e, por isso, estaria disposto a negociar com Kelma.

A vereadora encerra a conversa telefônica com o vice e Josa, que ouvia tudo, fica estarrecido com a traição de Fred e se apressa em fechar acordo com a oposição.

Moral da história, Fred queria trair ao mesmo tempo Josa e Sandra que, inclusive, pertence ao seu partido.

Porem acabou se dando mal e, pela primeira vez em 55 anos de Emancipação Política, a situação não consegue fazer a presidência da Câmara.

Presidente da Câmara e do PT de Juazeirinho divulga carta onde explica motivos de rompimento com grupo da situação

“Venho através desta dizer ao povo de Juazeirinho que estes últimos acontecimentos na política local (calúnias,difamações e agressões físicas) que me envolveram foram frutos de inverdades.

Coerentemente, esperei que fossem cumpridos os acordos firmados durante a campanha eleitoral pela coligação PTB e PT (veja ao lado), não obtendo nenhuma resposta do grupo liderado por Fred Marinheiro democraticamente e sob consulta ao PT (diretório Municipal), entrei em contato com todos os vereadores eleitos (situação e oposição), porém só obtive o apoio dos oposicionistas.

Gostaria de ressaltar que durante todo o processo da eleição para presidente da Câmara de Vereadores, não houve intervenção de forças externas. Bem como em nenhum momento participei de acordo políticos ou financeiros com Bevilacqua Matias (ex-prefeito) ou Genival Matias (deputado Estadual) ou qualquer outro grupo alheio ao processo da eleição da Câmara.

Tão só e unicamente fechei acordo com os cinco vereadores que formam o grupo da oposição, com apenas o compromisso de juntos fazermos uma administração na Câmara Municipal independente de intervenções de qualquer grupo ou lideranças políticas, com total transparência e voltada, exclusivamente, visando o desenvolvimento sócio, político e econômico da nossa terra.

Novos esclarecimentos serão dados na mídia e nas colunas sociais de acordo com a necessidade”.
Atenciosamente, Josa do PT, novo presidente da Câmara de Juazeirinho

FONTE: HELENOLIMA.COM

Anúncios