Cyril Takayama erra e irrita Faustão

Foto:Reprodução

Era o primeiro quadro do “Domingão do Faustão” da quase véspera de Natal. O mágico Cyril Takayama começou sua participação no programa com um número de baralho. “Essa é para você, é muito fácil. É só você tocar”, dizia o artista em inglês para Fausto Silva. O apresentador escolheu uma carta (ele pegou um oito de copas) e Cyril, sem saber qual era, tinha de tirá-la do bolso.

Tudo parecia ir muito bem. A carta que saiu do bolso do paletó do mágico era de copas, mas o número era seis! “Sua carta era vermelha? Era de copas? E era seis! ‘Oubrigadoo’!”, disse Ciryl confiante. Com um olhar desanimado, Faustão disse: “É, perfeitamente. Era um oito, mas tudo bem. Era quase isso. Não falei que eu não entendia nada dessa porra de baralho. Não falei?”.

Reveja o ‘desastre’ aqui.

Avisado do erro, o mágico (sem graça, claro) disse que chegou perto e, logo depois, tentou consertar o engano. O seis de copas que estava em sua mão ‘virou’ um oito. Mas o estrago já estava feito.  Bom, erros acontecem, né? O problema é que Cyril parecia empolgado demais com as bailarinas do “Domingão”. Perdeu a concentração. Coitado…

Anúncios