Terra treme em duas cidades do interior potiguar, confirma UFRN. Casas balançaram nesta sexta-feira (21) em Pedra Petra e Jandaíra. Tremor de magnitude de 3.5º na escala Richter foi considerado moderado.

 Uma série de tremores de terra foi registrada na manhã desta sexta-feira (21) no município potiguar de Pedra Preta, a 149 quilômetros de Natal. O mais forte, segundo o Departamento de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), apresentou magnitude de 3.5 graus na escala Richter, considerado moderado. A escala vai até 9 graus.

“É um tremor considerado moderado para o Nordeste, mas em escala global é um evento pequeno”, informou Jorvi Juliá, professor do Departamento de Geofísica da UFRN. “A magnitude preliminar deste evento é de 3.5 graus na escala Richter”, completou.

Segundo informações da população, as casas e os prédios públicos balançaram durante os abalos. “Foi muito forte. Ficamos muito assustados”, declarou Miklecio Faustino da Silva ao departamento de Sismologia da UFRN.

Jandaíra

Registro dos tremores (Foto: Divulgação/UFRN)
Registro dos tremores (Foto: Divulgação/UFRN)

Ainda de acordo com o departamento, ocorreram vários pequenos tremores, mas apenas os dois maiores foram divulgados. O primeiro às 9h20 e o segundo às 09h37 do horário local, que não acompanha o horário brasileiro de verão.

Tremores também foram sentidos na cidade de Jandaíra, a 116 Km de Natal, localizada ao Norte de Pedra Preta.  “Como as cidades são vizinhas, é provável que os moradores tenham realmente sentido os efeitos do tremor”, indicou  Jorvi Juliá.

“Há dois anos o departamento tem identificado atividade sísmica nesta região. Mesmo sabendo que há atividade sísmica, não é possível prever se haverá outro temor e qual a magnitude. Infelizmente não podemos prever”, destacou Juliá. “O último tremor registrado em Pedra Preta alcançou 2.4º Richter na escala, fato ocorrido no último dia 6”, finalizou.

Anúncios