Após massacre, legisladores dos EUA querem que educadores ganhem armas de fogo

Após o massacre na escola Sandy Hook, nosEUA, na última sexta-feira (14), legisladores dos EUA querem que os professores andem armados dentro das escolas. As informações são do Huffington Post.

Legisladores dos Estados da Virgínia e Carolina do Norte afirmam que não permitir que os educadores carreguem armas (que ficariam guardadas em um local de fácil acesso), para impedir que novos ataques aconteçam, é o mesmo aumentar o perigo aos estudantes.

 

A proposta já tem o apoio de pelo menos oito Estados, entre eles Okhlahoma, que propõe que os professores também possam carregar armas de fogo em eventos escolares, e Tennessee, que sugere que pelo menos um dos professores esteja armado por todo o horário escolar.

R7

Anúncios