Prefeitura do Cariri atrasa salários e servidores entram em greve por tempo indeterminado. O prefeito Jarbas Correia não foi localizado para comentar as denúncias

Nesta terça-feira, 4/12, servidores da Secretaria de Obras do município de Livramento, no Cariri paraibano, entraram em greve por tempo indeterminado. A reivindicação é uma só: o pagamento dos salários atrasados há pelo menos três meses.

Os servidores reclamam que mesmo tendo feito uma acordo, o prefeito Jarbas Correia, não cumpriu um calendário de pagamento para os meses em atraso.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais, Leonardo Arruda, cerca de 80% dos funcionários dos Serviços  Urbanos estão paralisados. Eles cobram o pagamento dos meses de setembro, outubro e novembro e prometem só voltar a trabalhar quando a Prefeitura pagar efetivamente seus salários.

Ainda de acordo com Leonardo Arruda, servidores de outras áreas da administração também estão com vencimentos em atraso, a exemplo da secretaria de saúde, que tem funcionários com dois meses e entrando para o terceiro sem pagamento e a Secretaria do Gabinete do prefeito, com 5 meses entrando para 6 sem receber seus vencimentos.

O prefeito Jarbas Correia não foi localizado para comentar as denúncias, nem para explicar quando pretende pagar os servidores. Vale ainda ressaltar, que ele não foi sequer candidato a reeleição e talvez tenha que entregar a Prefeitura com grandes gargalos para a próxima administração.

Deolhonocariri.com.br

Anúncios