Uma alvorada de sangue

Segunda parte do último filme da saga Crepúsculo, tem pré-estreia nesta nos cinemas de João Pessoa na madrugada desta quinta-feira (16).

 

“E então o leão se apaixonou pelo cordeiro”. Em uma frase, a escritora Stephenie Meyer condensa a essência de sua saga Crepúsculo.

O fenômeno literário que arrebatou milhões de fãs ao redor do mundo conta a história de um casal atípico formado por uma humana e um vampiro, presa e predador, e os conflitos inerentes a esse relacionamento. Publicada em quatro volumes – assim como outros bestsellers adolescentes – a série migrou das páginas dos livros para as telonas, repetindo o êxito obtido nas livrarias.

Os quatro livros se transformaram em cinco filmes, sendo a última obra dividida em duas partes. Após os lançamentos dos longas-metragens Crepúsculo (2008), Lua Nova (2009), Eclipse (2010) e Amanhecer – Parte 1 (2011), o público poderá assistir ao desfecho da saga em Amanhecer Parte 2 – Final (The Twilight Saga: Breaking Down – The Final, EUA, 2012), que tem pré-estreia nos cinemas de João Pessoa nesta madrugada de quarta para quinta-feira. O último filme da saga começa a ser exibido às 0h05 em cinco salas do Box Cinépolis e em duas do CinEspaço.

Assim como sua primeira parte, o final de Amanhecer também foi dirigido por Bill Condon, cineasta americano com experiência em séries para televisão. O enredo é o arremate da história de amor entre Bella Swan (Kristen Stewart), agora transformada em vampira, e Edward Cullen (Robert Pattinson). Após terem se casado, um novo personagem se junta ao jovem casal para protagonizar a história: a filha Renesmee (Mackenzie Foy).

A criança nasce com poderes excepcionais e sua existência é vista como uma ameaça pelos vampiros do clã Volturi, que declaram guerra aos Cullen. Para garantir a segurança da filha, Bella e Edward reúnem aliados para batalhar contra o clã rival.

O último filme da franquia Crepúsculo foi orçado em US$ 131,5 milhões.

Anúncios