COMISSÃO APROVA REQUERIMENTO DO FREI

Assembleia Legislativa da Paraíba aprova formação de Comissão da Seca

A Assembleia Legislativa aprovou por unanimidade, o requerimento do deputado estadual Frei Anastácio (PT) quecria a Comissão Suprapartidária da Seca. “E depois dessa comissão formada, uma de nossas atividades vai ser ir até o governo federal pedir explicações sobre a demora na retomada das obras no eixo norte, na região de São José de Piranhas”, disse Frei Anastácio.

Frei Anastácio disse que as empresas que haviam vencido a licitação correram da obra, alegando que teriam prejuízo e tudo está parado há mais de um ano. “Vamos pressionar o governo federal para agilizar o retorno dessas obras. Esse eixo norte tem um percurso de aproximadamente 400 km. Está previsto para chegar ao rio Piranhas e barragem engenheiro Ávidos, em Cajazeiras, em 2014. Por esse canal vai passar um metro cúbico de água por segundo. Isso é equivalente ao abastecimento de 70% da população de campina grande”, disse.
Frei Anastácio falou sobre a importância da transposição e lembrou que o volume de água que irá sair dos dois canais que fazem o eixo norte e leste, é equivale a 70% de toda reserva hídrica existente na Paraíba. “Esses obras são, sem dúvidas, muito importantes para nosso estado. Imaginem numa seca como essa que estamos passando, termos a garantia de um volume de água equivalente a 70 por cento de toda reserva. Isso seria a garantia dediminuir muito os efeitos da seca”, disse.
O deputado chamou a atenção para as condições dos rios que são importantes para o projeto. Ele disse que um dos maiores problemas que estão no meio da transposição é a poluição dos rios onde a água vai chegar. “O rio Paraíba e o Piranhas, que recebem muitos afluentes, por exemplo, estão agonizando. Em diversos locais, o rio Paraíba já morreu. Nesses dois rios não existe nem sinal de obras que deveriam está sendo feitas pelo estado, como preparação para receber a água. Mas, não existe nada. Só existem esgotos, mato e sujeira. Diante disso, iremos pedir a intervenção do governo federal nessa questão. Vamos saber o que está faltando no estado para que essas obras de preparação sejam iniciadas”, garantiu.
O petista lembrou que longo prazo, o estado precisa da água do São Francisco, como solução para aprendermos a conviver com a seca. “Hoje nas feiras livres, do Sertão e Cariri, os comerciantes reclamam que as vendas caíram mais de 90%.Na famosa feira de gado do município de Monteiro, que é realizada aos sábados, eram vendidas cerce de 300 rezes. Hoje, vacas que eram avaliadas emR$ 1.500, estão à venda por menos de 500 reais e não há quem queira comprar”, destacou.
O parlamentar frisou que por onde se anda, no Cariri e no Sertão, principalmente, só se ver cemitérios de animais que morreram de fome e de sede. “Por tanto, senhor presidente, volto a insistir pela aprovação dessa comissão da seca nesta casa. Não seremos os salvadores da pátria, mas estaremos cumprindo nossa obrigação de lutar pelo povo que está sofrendo mais a cada dia, com os efeitos da estiagem. Eu, particularmente, não quero ser acusado de omisso, como parlamentar, diante de uma situação e calamidade em que se encontra nosso estado”, concluiu.
Da Assessoria
Anúncios