Empresário e candidato a vereador arquitetaram sequestro da irmã de hulk. Polícia prende empresário e candidato a vereador como mentores de sequestro

Na coletiva delegados narraram como aconteceu sequestro (Crédito: Assessoria da PC)

O empresário  Hélio Pereira, 51 anos e o candidato a vereador em Campina Grande, Rodolfo Sinfrônio, 21 estão envolvidos no sequestro da estudante de Nutrição Angélica Aparecida Vieira de Sousa, de 22 anos, irmã caçula do jogador Hulk da Seleção Brasileira e do Zenit da Rússia. Foi o que revelou o delegado André Rabelo, durante entrevista concedida na manhã desta quarta-feira, 7, na Central de Polícia, em Campina Grande.

Além do empresário e do candidato a vereador, também estão envolvidos no sequestro, segundo o delegado, um amigo de Helio Pereira, conhecido por Victor Hugo Henrique da Silva, 20, funcionário do restaurante e outra pessoa identificada por José Eliton de Melo Santos. Com excessão de Eliton, os demais já estão presos e com prisão preventiva solicitada pela polícia.

Problemas financeiros. Este teria sido o motivo que levou Hélio Pereira, o amigo Victor Hugo e dívidas com a campanha eleitoral de Rodolfo a arquitetarem o sequestro e viu na irmã caçula de Hulk, que trabalhava no restaurante onde o empresário é gerente, como uma “mina de ouro” para conseguir dinheiro.

O delegado Henry Fábio, que iniciou as investigações sobre o sequestro de Angélica Aparecida revelou que Hélio caiu em contradição quando prestou depoimento na polícia e quando ele deixou a delegacia resolveu monitorá-lo. O empresário teria realizado ligações telefônicas comprometedoras o que reforçou a tese de seu envolvimento no crime.

De acordo ainda com as investigações realizadas pela polícia o empresário Hélio Pereira mantinha um caso amoroso com um dos envolvidos, que não teve o nome revelado.

PSD abre processo de expulsão ex-candidato acusado do sequestro de irmã de Hulk

Em nota enviada à imprensa, o Diretório Municipal parabenizou o trabalho da Polícia Civil do Estado pelo trabalho rápido e eficiente na elucidação do caso e prisão dos autores dos sequestro.

O Diretório Municipal do Partido Social Democrático (PSD), de Campina Grande, iniciou na tarde desta quarta-feira (7), o processo de expulsão do ex-candidato a vereador pela legenda, Rodolfo Bruno dos Santos (Rodolfo Sifrônio), acusado de participação no sequestro da irmã do jogador de futebol, Hulk, Angélica Aparecida Vieira de Souza, 22 anos, ocorrido na tarde da segunda (5).

Em nota enviada à imprensa, o Diretório Municipal parabenizou o trabalho da Polícia Civil do Estado pelo trabalho rápido e eficiente na elucidação do caso e prisão dos autores. A nota fala ainda da surpresa em saber que um dos envolvidos era filiado ao partido e que disputou as últimas eleições em Campina Grande.

A nota lembra ainda que a postura adotada pelo partido quanto à expulsão de Rodolfo é baseada em seu Código de Ética.

Leia a íntegra da nota:

O Partido Social Democrático vem através desta, parabenizar o excelente trabalho desempenhado pela Policia Civil do Estado da Paraíba no acompanhamento, elucidação e prisão dos evolvidos no sequestro da jovem Angélica Aparecida Vieira.

Da mesma forma, o partido aproveita para afirmar que foi com surpresa que recebeu a informação, pela imprensa, da apresentação pela Policia Civil, do envolvimento de um de seus membros como mandante do sequestro.

A executiva municipal no uso das suas atribuições, já iniciou o processo de desligamento partidário do mesmo que, conforme a policia, esta envolvido neste ato, por ir de encontro ao que diz o código de ética do partido.

Sem mais, fica a imprensa os nossos esclarecimentos.

*Executiva Municipal do PSD*


WSCOM Online

Anúncios