REAJUSTE DOS PROFESSORES EM JUNCO DO SERIDÓ-PB

Professores receberão novo piso a partir deste mês em Junco

JUNCO DO SERIDÓ – O prefeito, Branco Simões (PSD), anunciou na tarde desta sexta-feira (12) que a partir deste mês, os professores receberão o reajuste de 11,36% do novo piso salarial que passou a vigorar a partir de 1º de janeiro deste ano. Leia mais…

INSCRIÇÃO NO CONCURSO DA UFPB 2016

TERMINAM NESTA QUINTA AS INSCRIÇÃO NO CONCURSO DA UFPB 2016

As inscrições para o concurso público para técnicos-administrativos da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) encerram-se na quinta-feira (4). O concurso prevê o preenchimento de 154 vagas para 37 cargos para os campi de João Pessoa, Bananeiras, Areia, Mamanguape e Rio Tinto. As remunerações variam de R$ 1.739,04 a R$ 2.666,54.
As inscrições serão feitas apenas pela internet, no site da organizadora do concurso da UFPB. As provas objetivas de múltipla escolha serão realizadas simultaneamente nas cidades de João Pessoa, Bananeiras, Areia, Mamanguape e Rio Tinto, com data, inicialmente prevista, para o dia 13 de março de 2016. O maior número de vagas do concurso é para o cargo de assistente em administração, sendo 70 do total de 154 vagas estão previstas para o cargo.
O edital completo pode ser conferido a partir da página 93 do Diário Oficial da União do dia 23 de outubro.
G1 PB

CRISTALINA-MG , CIDADE “SEM VEREADORES”

Todos os vereadores de Cristalina em MG são presos por corrupção

CENTRALINA (MG) – Essa pequena cidade mineira, com seus 10 mil habitantes e localizada a 669 quilômetros de Belo Horizonte, vive um situação inusitada: todos os seus nove vereadores foram presos preventivamente suspeitos de corrupção.

Eles são investigados pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) de Uberlândia acusados de desvio de dinheiro público.

Segundo a investigação, todos os nove vereadores eleitos para legislatura que termina este ano fraudaram notas fiscais para justificar recebimento de diárias de viagens que nunca foram feitas.

Quatro deles foram presos na semana passada, na primeira etapa da investigação que recebeu o nome de “Viagem Fantasma” e renunciaram aos cargos.

Os quatro, entre eles o presidente da Câmara Municipal, Eurípides Batista Ferreira, o Baianinho (Pros), o primeiro secretário, Hélio Matias (PSL), Carla Rúbia (Solidariedade) e Roneslei do Carmo Soares (PR), foram ouvidos e soltos um dia após a prisão. Agora cumprem prisão domiciliar.

Os outros cinco: o vice-presidente da Casa, Ismael Pereira Peres (PT), o 2º secretário Rodrigo Lucas (Solidariedade), Wandriene Ferreira de Moura (PR), Sônia Martins de Medeiros Rosa (PP) e Cleison Vieira (PDT), foram detidos na manhã desta quinta-feira (28) durante a segunda etapa da operação.

Os cinco serão encaminhados para o presídio Professor Jacy de Assis em Uberlândia (537 quilômetros de Belo Horizonte). Além dos vereadores, um ex-servidor da Câmara Municipal e um ex-vereador, que hoje atua como advogado, também foram presos na operação. Outros 12 mandados de busca e apreensão foram cumpridos.

Segundo o Ministério Público, os suspeitos cometeram associação criminosa, peculato, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.

Câmara está em recesso

Com a prisão dos cinco vereadores e a renúncia dos quatro primeiros presos, a Câmara Municipal de Centralina fica sem representantes.

UOL tentou entrar em contato com a comunicação da Casa, mas foi informada que a Câmara está em recesso, que retorna aos trabalhos apenas na próxima semana e que os suplentes devem assumir os cargos.

UOL

O VÍRUS ZIKA SE ESPALHA POR DIVERSOS PAÍSES DO MUNDO

Propagação ‘explosiva’ pode levar zika a 4 milhões de casos, diz OMS. Organização Mundial da Saúde afirma que vírus já chegou a 23 países. Ligação com microcefalia não é certa, mas há ‘forte suspeita’, diz diretora.

Casos de zika no mundo - 28/1/16 (Foto: Editoria de arte/G1)

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou nesta quinta-feira (28) a criação de um Comitê de Emergência para orientar sobre formas de lidar com o zika vírus, que já atinge 23 países. Para a diretora-geral da organização, a doença “se propaga de maneira explosiva”. O número de casos, estima a organização, pode chegar a 4 milhões nas Américas.

AEDES AEGYPTI
Mosquito está no centro de epidemias.

“O vírus foi detectado ano passado na região das Américas, onde se propaga de maneira explosiva”, afirmou Margaret Chan durante uma reunião para os Estados-membros da organização em Genebra, na Suíça, de acordo com a agência France Presse.

A instituição teme o registro de 3 a 4 milhões de casos da doença apenas nas Américas. Destes, 1,5 milhão deve ocorrer no Brasil.

“Atualmente, casos foram notificados em 23 países e territórios na região. O nível de alerta é extremamente alto”, acrescentou. O comitê vai se encontrar em Genebra em 1º de fevereiro.

Clique aqui e veja quais países têm mais casos registrados de zika depois do Brasil.

Segundo Marcos Espinal, diretor de Doenças Comunicáveis e Análise de Saúde da OMS, o nível de emergência é alto, e países não podem esperar para agir, pois a epidemia vai se espalhar para fora das Américas.

“Devemos assumir que isso vai para todo lugar, não devemos esperar para agir”, disse Espinal. “Precisamos ter controle de vetores agressivo nesses países, onde nem o mosquito nem a população haviam sido expostos a esse vírus antes e, por isso, têm baixa imunidade.”

El Niño
Margaret Chan disse ainda que eventos climáticos alimentados pelo El Niño, que levam chuva e calor a áreas mais extensas, vão contribuir para espalhar a doença. A pedido dos países membros, a organização promove uma sessão informativa sobre o vírus.

Além do fator climático, Chan disse estar preocupada com o fato de que o vírus é originário de populações animais da África subsaariana, e populações de outros continentes provavelmente se mostrarão mais suscetíveis ao vírus.

A OMS também teme uma “associação provável da infecção com malformação congênita e síndromes neurológicas”, mas também “pela falta de imunidade entre a população nas regiões infectadas” e a “falta de vacinas, tratamentos específicos e testes de diagnóstico rápidos”, segundo a France Presse.

Apesar de a presença do vírus ter grande correlação com casos de microcefalia no Brasil, Chan afirma que ainda não está totalmente comprovado que um afeta o outro. Para a síndrome de Gullain-Barré, colapso neurológico que pode ser causado pelo vírus, também faltam evidências.

“Ainda não foi estabelecida uma relação causal entre a infecção viral por zika e malformações no nascimento, além de síndromes neuroimunológicas”, disse Chan. “Há uma forte suspeita, porém.”

Aedes aegypti (Foto: Luis Robayo/AFP)Aedes aegypti transmite zika vírus, dengue, febre amarela e febre chikungunya (Foto: Luis Robayo/AFP)

Evitar viagens
A França recomendou nesta quinta que as mulheres grávidas não viajem aos territórios franceses da Guiana e Antilhas, onde há a presença do zika vírus.

Segundo a ministra francesa da Saúde, Marisol Touraine, em alguns dias serão enviados reforços médicos para a ilha francesa da Martinica (Antilhas) para avaliar as necessidades dos hospitais e médicos.

Sintomas do zika
Não existe vacina ou tratamento para o zika, que é da mesma família da dengue e da febre chikungunya. Os sintomas do zika são: febre intermitente, erupções na pele, coceira, dor muscular e vermelhidão nos olhos. A evolução da doença costuma ser benigna e os sintomas geralmente desaparecem espontaneamente em um período de 3 até 7 dias.

O quadro de zika é muito menos agressivo que o da dengue. Cerca de 80 % das pessoas não exibem sintomas, o que torna difícil saberem se foram contaminadas. Não há vacina nem tratamento específico para a doença. Assim como na dengue, o uso de ácido acetilsalicílico (aspirina) deve ser evitado por causa do risco aumentado de hemorragias.

G1

PROCESSO SELETIVO EM SOLEDADE-PB

Soledade – PB – Processo Seletivo está com inscrições abertas até sexta-feira, 29

Com inscrições abertas até sexta-feira, 29, a prefeitura de Soledade, na Paraíba, realiza processo seletivo. O certame é destinado ao Programa Brasil Alfabetizado – Bralf.
Estão sendo disponibilizadas 14 vagas nas funções de Alfabetizadores, Coordenadores e Intérprete da Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS.
Inscrições devem ser efetivadas na sala da Coordenação Pedagógica, no horário de 08:00 às 12:00.
Os candidatos serão selecionados através de prova de redação.
De acordo com o cronograma, o resultado deve ser anunciado no dia 02 de fevereiro.
Informações complementares estão no edital.
 
 
 
 
concursos news 

DUPLICAÇÃO DA BR 230

Ministro confirma duplicação da BR-230 de Campina à Farinha

Ministro confirma duplicação da BR-230 de Campina à Farinha

O Ministro dos Transportes, Antônio Carlos Rodrigues, confirmou, na noite desta quarta-feira (27), que em meados do mês de abril as obras do primeiro trecho da duplicação da BR 230 entre as cidades de Campina Grande e Cajazeiras deverão ser iniciadas. Este primeiro trecho compreende 33 quilômetros, indo de Campina Grande até a Comunidade Farinha (Praça do Meio do Mundo).

A confirmação foi dada em ligação telefônica do Ministro para o Senador Raimundo Lira (PMDB-PB), que é o relator do orçamento do Ministério dos Transporte para 2016 e foi responsável por colocar no OGU 2016 a dotação orçamentária de R$ 165 milhões para garantir a duplicação desse primeiro trecho de 33 quilômetros.

O Ministro Antônio Carlos telefonou para o Senador Raimundo Lira, com o objetivo de confirmar a duplicação do primeiro trecho, no exato momento em que o parlamentar concedia entrevista ‘ao vivo’ ao programa Balanço Geral, da Rádio Correio FM de Campina Grande. O senador, então, colocou o celular no modo “viva-voz” e retransmitiu o telefonema do ministro, ao vivo, através da emissora.

“Quero dizer aos senhores que o relator do orçamento, o Raimundo Lira, foi o relator do orçamento para o Ministério dos Transportes e ele alocou R$ 165 milhões para a duplicação da BR 230, são 33 quilômetros, que vai se iniciar no mês de abril. Nós temos que agradecer muito ao senador Raimundo Lira, que tem trabalhado muito pelo estado da Paraíba”, disse o Ministro dos Transportes, destacando o papel de Lira para garantir a obra.

Antônio Carlos Rodrigues disse ainda que o prazo de execução desse primeiro trecho de 33 quilômetros é de 14 meses e que fará o possível para que a ordem de serviço seja assinada, com a sua presença e a presença do senador Raimundo Lira, aqui na Paraíba, o mais rápido possível.

“Nós devemos iniciar essa obra em abril e vai ser uma obra de execução em, aproximadamente, 14 meses. Vou combinar com o senador Raimundo Lira e vou fazer o possível para dar esta ordem de serviço assim que estiver toda a parte legal em ordem”, confirmou o ministro.

Pbagora

ZIKA VÍRUS É TEORICAMENTE ASSOCIADO A OUTRAS DOENÇAS

Pesquisa associa zika a outro distúrbio em crianças de Juazeirinho-PB

JUAZEIRINHO – Nas gestações de duas mulheres de Juazeirinho, no Cariri da Paraíba, pesquisadores encontraram novos males que o vírus zika e a epidemia de microcefalia associada a ele são capazes de causar. São os primeiros diagnósticos comprovados de transmissão intrauterina do vírus.

O estudo revelou deformações severas no sistema nervoso. Crianças tão gravemente afetadas que a medicina e a sociedade não lhes podem oferecer um final feliz.

O estudo levou ao sequenciamento genético do zika no Brasil. E à descoberta, na análise de outros seis casos de bebês nascidos com zika de mães com sintomas da doença na gravidez, de um problema ainda não associado ao vírus. Um deles tinha artrogripose severa, uma malformação das articulações. Deforma os membros, impede movimentos. Agora, já são quatro as crianças com artrogripose com suspeita de zika — duas delas em gestação —, todas da Paraíba.

Publicado este mês numa revista científica internacional, o artigo alerta para novas complicações trazidas pelo zika, na “Ultrasound in Obstetrics & Gynecology”, seção “Physician alert” (“Alerta médico”); o título é “Zika virus intrauterine infection causes fetal brain abnormality and microcephaly: tip of the iceberg?” (“Infecção intrauterina pelo vírus zika causa anomalia cerebral e microcefalia: a ponta do iceberg?”).

“É possível que os casos reportados de microcefalia representem só as crianças mais severamente afetadas, e que recém-nascidos com doenças menos severas, afetando não somente o cérebro mas outros órgãos, não tenham sido ainda diagnosticados”, diz o artigo assinado por seis cientistas, entre eles Adriana Melo, diretora do Instituto de Pesquisa Professor Joaquim Amorim Neto, em Campina Grande; e Ana Bispo, do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz).

Especialistas em microcefalia alertam que esse é o problema mais evidente, mas não o único. A neurocientista Patrícia Garcez é uma das poucas especialistas do Brasil em microcefalia. Quando soube da emergência sanitária devido à microcefalia, não dormiu por dias, de preocupação.

“Toda essa geração de bebês que nasce agora precisa de acompanhamento médico. A microcefalia é um sinal evidente. Mas, se o zika pode afetar o sistema nervoso a ponto de causar algo tão devastador e até então raro, também pode, em tese, provocar uma série de outros distúrbios de desenvolvimento, como surdez, epilepsia, problemas de cognição, de fala, motores, que não são aparentes no recém-nascido. A criança pode não ser microcéfala e ter distúrbios”, diz ela, pesquisadora do Laboratório de Neuroplasticidade da UFRJ e do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino.

Patrícia está preocupada com o tipo de atenção que receberão as crianças nascidas durante a epidemia.

“A maioria dos casos de zika é assintomática. Mães podem não saber que tiveram a doença. Crianças nascidas agora devem ter um acompanhamento atento dos médicos por anos”, destaca.

helenolima.com

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.619 outros seguidores