Julgamento sobre acidente com humorista Shaolin começa nesta 3ª

Está agendada para acontecer na terça-feira (13) a primeira audiência de instrução e julgamento de Jobson Clemente Benício, motorista acusado de ter provocado o acidente que feriu gravemente o humorista paraibano Francisco Jozenilton Veloso, conhecido como Shaolin. O procedimento começa às 14h, na 4ª Vara Criminal de Campina Grande. Na ocasião, o juiz Wandenberg de Freitas Rocha vai ouvir testemunhas de acusação e de defesa residentes em Campina Grande.

De acordo com o advogado da família de Shaolin, Rodrigo Celino, depois da audiência serão expedidas cartas precatórias para que os juízes das cidades de Sousa e Sapé também realizem oitivas, uma vez que foram convocadas testemunhas dos respectivos municípios.

Jobson Clemente Benício foi denunciado pelo Ministério Público no mês de setembro, apontado como responsável pelos crimes de lesão corporal culposa e omissão de socorro. Apesar de reconhecer que Shaolin dirigia em alta velocidade, o promotor Luciano Maracajá acusa o caminhoneiro de ter invadido a contramão e provocado a colisão.

Conforme o advogado Rodrigo Celino, a família espera que se faça Justiça. “Eles querem que o acusado seja julgado dentro do que a lei determina. A expectativa é de que haja a condenação, nem mais, nem menos do que isso. Existe em favor de Shaolin o laudo técnico que determina a culpa do motorista”, defende.

A reportagem do G1 tentou contato com o advogado Geminiano Luiz Maroja Limeira Filho, que representa o caminhoneiro Jobson Clemente, mas as ligações não foram atendidas. O pai do réu ao ser procurado, afimou desconhecer detalhes do processo. A família também não obteve sucesso ao tentar contato com o advogado de Jobson. João Costa, pai do réu, desabafou ao ser questionado sobre a culpa do filho no acidente.

“A imprensa não divulga as informações por completo, talvez por se tratar de Shaolin. Temos laudos que comprovam que ele (Shaolin) vinha em alta velocidade, com emplacamento vencido e com sinais de embriaguez. Estamos rezando pela recuperação de Shaolin, mas meu filho é um pai de família que precisa trabalhar para sustentar seus filhos”, desabafou o pai de Jobson.

O acidente aconteceu em 18 de janeiro de 2011 na rodovia federal BR-230, em Campina Grande. No mesmo dia, Shaolin foi socorrido e internado no Hospital de Emergência e Trauma da cidade. Pouco tempo depois foi transferido para o Hospital das Clínicas, em São Paulo, onde foi submetido a cirurgias e ficou internado por cerca de cinco meses.

Depois da alta, o humorista recebe tratamentos de fisioterapia, fonoaudiologia e neuropsicologia. Segundo a família, ele apresenta certo nível de consciência e está progredindo.

VEJA O HUMORISTA SHAOLIN EM AÇÃO

Quatro testemunhas são ouvidas na 1ª audiência do caso Shaolin

A primeira audiência de instrução do julgamento envolvendo o acidente do humorista Shaolin foi encerrada após cinco horas. Das sete testemunhas que seriam ouvidas, na tarde dessa terça-feira (13), apenas quatro prestaram depoimento no Fórum Afonso Campos, em Campina Grande.

Na oportunidade, a esposa do comediante, Laudicéia Veloso foi a primeira declarante a ser arrolada. O caminhoneiro, Joábson Clemente Benício que estava dirigindo o caminhão no dia do acidente, apesar de estar presente, não foi ouvido pelo juiz Wandermberg de Freitas Rocha, da 4ª Vara Criminal.

Shaolin ficou gravemente ferido quando seu carro bateu contra um caminhão na Alça Sudoeste, na região de Mutirão, em Campina Grande, no último dia 18 de janeiro de 2011. O motorista do caminhão Jobson Clemente Benício, 23, está sendo apontado como o responsável pela acidente. Segundo denúncia do Ministério Público, Benício fugiu do local do acidente depois de ter invadido a faixa contrária e batido contra o carro do humorista. Ele está sendo acusado de lesão corporal e omissão de socorro.

Shaolin apresenta melhora e será transferido para o hospital Sírio Libanês, em São Paulo

O humorista Francisco Jozenilton Veloso, o Shaolin, de 39 anos, será transferido hoje a tarde para o hospital Sírio Libanês, em São Paulo. O comediante que sofreu um acidente na noite de terça-feira, está na UTI do hospital Antonio Targino, em Campina Grande (PB). De acordo com seu produtor e cunhado Ricardo Santos, o humorista foi submetido a uma tomografia na manhã desta quinta-feira, apresentando pequena evolução no quadro. “Os médicos disseram que o estado dele continua grave, mas está estável, com uma leve, mas importante melhora. O cérebro está desinchando, não houve alteração nenhuma na caixa craniana. Tanto que só estamos esperando liberação do hospital para transferí-lo para São Paulo”, afirma Ricardo.

O produtor garante que Shaolin está sendo encaminhado para outra unidade hospitalar apenas por causa do braço. “A parte do traumatismo craniano foi toda bem resolvida aqui. A mudança é porque não há recursos no Antonio Targino para fazer a reconstrução do braço”, diz Ricado, informando que os médicos temem que ficando em Campina Grande, o humorista possa perder o membro: “Há uma possibilidade de amputação do braço, caso essa transferência não seja feita. No hospital em São Paulo, ele tem 95% de chance de não tê-lo amputado”.

VEJA A HOMENAGEM QUE O PROGRAMA TUDO É POSSÍVEL FEZ A SHAOLIN

About these ads